Entenda o fenômeno da voçoroca


Buraco no Bairro Dom Pedro

O nome

Voçoroca vem do guarani iby (terra) e soroc (fenda), podendo ser traduzido por erosão.

O que é

Entende-se como erosão, o processo de deslocamento de terra ou rochas de qualquer superfície.

Como acontece

Mudanças na temperatura ou alterações no fluxo dos ventos são alguns dos fatores que podem causar o fenômeno geológico sem a interferência humana. Conclui-se, então, que o fenômeno pode ter causas naturais. Todavia, ações, como o desmatamento, podem acentuar o processo erosivo, acarretando em desmoronamentos e grandes perdas ao meio ambiente.

Quando se tira a cobertura vegetal de uma região, toda a água que era antes absorvida pelas árvores, infiltra-se no solo, levando embora vários nutrientes deste, que, além de ficar mais pobre, torna-se mais suscetível a deslocamentos e buracos.

Quando os causadores de uma erosão atingem um solo, ele se torna frágil, mais arenoso e pobre em nutrientes. Então, enquanto várias gotículas de água da chuva infiltram-se  nele afim de chegarem aos lençóis freáticos, vão se abrindo pequenos sulcos na superfície da terra, desagregando as partículas que, uma vez unidas, fortalecem a estrutura do terreno.

Depois que o “buracão” já está formado, a tendência dele é ficar ainda maior e, a terra que a chuva leva, causar o assoreamento dos rios, aumentando o risco de enchentes.

As redes de esgoto também podem ficar comprometidas por conta do processo.

Onde acontece

A erosão pode ser pluvial, fluvial, marinha, glacial ou eólica.

Em solos mais arenosos, como em algumas localidades da região Central do Brasil, as fendas podem chegar a 50 metros de profundidade.

Os solos pouco ricos dos cerrados estão mais propensos à formação de ravinas.

O Pantanal é também uma das regiões mais afetadas pelo problema. A bacia do Taquari representa 36% da área do Pantanal matogrossense e já está comprometida pela voçoroca, já que o assoreamento do leito do rio tem causado sérias consequências por lá.

Como resolver

Embora prevenir erosões seja o mais aconselhável, se a voçoroca já existir, há algumas medidas que podem ser tomadas para que ela não aumente:

  • O replantio em áreas degradadas,visando enriquecer a matéria orgânica do solo;
  • Suspender a deposição de lixo na região.

Além destas alternativas,várias outras iniciativas são tomadas pelo governo ou até mesmo por pessoas físicas  para impedir o avanço das voçorocas. Algumas são ações que envolvem altos custos.

O problema tem sido visto como uma praga nacional e tem causado danos à agricultura, perda de animais e casas e desvalorização de propriedades.

Fontes

http://www.cnpab.embrapa.br/publicacoes/sistemasdeproducao/vocoroca/recuperacao.htm

http://www.dicionario.pro.br/dicionario/index.php/Eros%C3%A3o

http://www.dicionario.pro.br/dicionario/index.php?title=Bo%C3%A7oroca

http://www.eca.usp.br/njr/voxscientiae/william13.html

Anúncios

4 pensamentos sobre “Entenda o fenômeno da voçoroca

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s