A luta dos samurais


Por Irinéa Donizete

O dojô é o espaço onde eles treinam a arte marcial. O tatame é o ringue onde acontece o combate. Ao entrarem vestidos com roupas de samurais, toda a comunicação e a postura corporal passam a ser orientadas pela filosofia japonesa. Quando realizam reverências em direção ao altar, onde está a bandeira do Instituto Niten, a primeira frase dita é: Kamiza Otagai-ni-Rei-Sonkio Keiko – que significa: Em honra ao imperador e ao adversário. É a hora que começa o Kenjutsu/Kendo, a luta com espadas.

O professor de artes marciais Danilo Magalhães, responsável pelo Instituto Niten – Método KIR, em Franca, explicou que o Kenjutsu é uma arte marcial que foi utilizada pelos samurais no Japão feudal entre os séculos XI e XVIII. “Hoje ela é considerada a prática mais fiel aos ensinamentos dos samurais. Mantendo viva uma tradição iniciada há 600 anos”. As regras são baseadas no judô. A pontuação na modalidade é dividida em dois modos: o Yoko que vale meio ponto e o Ypon, que garante a vitória.

Assim como no passado, os samurais cultivavam diversas artes como forma de complementar seu treinamento, a tradição se mantém nos dias de hoje. A aplicação do Método KIR proporciona o contato com outras manifestações dos caminhos tradicionais japoneses, como meditação Zen, Shodo (arte da caligrafia), Ikebana (arte de arranjos de flores), Chado (arte do Chá) entre outras. Paralelo aos treinos, os alunos precisam ler O livro dos cinco anéis, escrito por Miyamoto Musashi (1584-1645) e que traz a filosofia do estilo, além de abordar a estratégia militar do Japão.

Danilo explica que dentro do Kenjutsu existem diversos estilos de luta com espada e bastão. As espadas de aço utilizadas no Kenjutsu são importadas do Japão. Cada peça é feita sob medida. O tamanho e o peso do lutador influenciam no tamanho da envergadura e peso total da espada (lâmina + cabo) que custa em torno de R$ 2 mil a R$ 7 mil. As verdadeiras espadas dos samurais, embutidas de valor histórico, são encontradas em lojas de antiguidade do Oriente. Os pedidos só são feitos por mestres de artes marciais. Nesse caso é necessário registrar porte de armas para que ela seja liberada do país. O preço varia entre US$ 15 a US$ 30 mil.

Os bastões são feitos de quatro varas de bambu e as espadas mais comuns para competições são produzidas em madeira. As armas mais utilizadas nesse esporte são a Naginata, bastão de 2 metros com foice de metal na ponta; Jitte, bastão curto de quase 45 centímetros usado para bloqueio da espada; Jo, bastão de 1,20 metros e Kusarigama, uma foice com corrente e bolinhas na ponta.

O Iaijutsu é uma modalidade da arte de sacar a espada contra um oponente imaginário. A performance acontece para avaliação individual, onde são pontuadas as expressões, técnicas, a respiração e a concentração do lutador.

No combate, a energia do samurai é exteriorizada através dos gritos (kiai) e da garra para avançar. “O samurai luta com a alma. É muito mais que esforço físico”, comenta Danilo. É impossível não ver uma luta sem lembrar das cenas de combate de filmes de artes marciais como Kill Bill.

Na primeira visita ao dojô, o interessado pode assistir ou participar de uma aula experimental. O material é emprestado pelo instituto. É importante ir com uma camiseta e calça moletom (ou tectel, de judô ou similar). Não há pré-requisitos específicos nem a necessidade de ter preparo físico ou experiência em artes marciais. A matrícula custa R$ 50 e a mensalidade R$ 70.

LUTADORES DE FRANCA EM COMPETIÇÃO

Após seis meses de treinamento intensivo, sete lutadores de Franca estarão em Ribeirão Preto este final de semana para competirem no 9º torneio Brasileiro Individual de Kobudo. A equipe francana busca mais um título para o Kenjutsu/Kendo certificado pela Confederação Brasileira de Kobudo. Os anteriores foram garantidos por Danilo (tri-campeão brasileiro por equipe e vice-campeão brasileiro individual) e por Artur Morais, que é campeão brasileiro individual. As disputas acontecem hoje (15) e domingo (16) na UniCOC. A entrada é gratuita. No total, 250 lutadores de diversas localidades do país, da Argentina e do Chile estarão presente. Haverá palestras e confraternizações.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s