Traição: Como sobreviver depois que ela acontece?


Um dos maiores medos que temos é o de sermos traídos. Tal ato de má índole para uns, é visto como um simples desvio amoroso, e para outros é como uma apunhalada pelas costas. Porém a dúvida é: como sobreviver a uma traição?

Sabemos que superar uma traição não é tarefa fácil. Para os mais apegados ao parceiro, a superação torna-se mais difícil, justamente porque para essas pessoas fica difícil acreditar que aquele indivíduo, considerado o amor de sua vida, tenha cometido tal ato. Além disso, é possível até desenvolver transtornos psicológicos.

Desta forma, se recuperar deste tipo de acontecimento pode ser um processo doloroso emocionalmente e muito trabalhoso, porém existem muitas maneiras de superá-lo.

Primeiro, tudo irá depender da posição que ambos irão manter, decidindo se o melhor é partir para uma reconciliação ou, definitivamente, se separarem.

Caso você opte pela reconciliação, saiba que será preciso ter muita calma, pois o amadurecimento do que foi quebrado precisa ser reconstituído. Mesmo que tomada pela raiva e pela mágoa, converse com o parceiro. Tente entender o que aconteceu. Dependendo da razão alegada, avalie se você é capaz de seguir em frente, sem ressentimentos, e se é capaz de recuperar a confiança na relação. Faça também uma avaliação corajosa dos pontos positivos e negativos da parceria e veja se vale a pena tentar superar esse momento. E por fim, valorize a si mesma. Vá ao shopping e ao cabeleireiro e divirta-se como nunca. Lembre-se que você é única.

Caso decida se livrar do parceiro de vez, não tenha medo de ser feliz, mesmo sem a companhia do outro. Ligue para seus amigos, saia sempre que possível e faça novas amizades. Além disso, é extremamente importante saber que, se você foi traído, a culpa não foi sua, por mais que vocês passassem por constantes brigas, isso não dá motivo para o outro rasgar seus sentimentos cometendo infidelidades. Se for necessário, faça terapias, pois um bom profissional pode lhe ajudar a superar a dor com mais velocidade. E o melhor de tudo: viaje. Pegue todas aquelas economias que você passou anos juntando e realize a viagem dos seus sonhos.

E claro, nunca se esqueça de ser muito feliz!

Fontes: http://www.estilo.uol.com.br

Anúncios

Um pensamento sobre “Traição: Como sobreviver depois que ela acontece?

  1. Superar uma traição, depende muito do amadurecimento do parceiro traido e de a quantas anda sua auto estima. Esta fica em queda livre após saber-se traido.Normalmente o traído, se coloca na posição de vítima e quase nunca, para para analisar exatamente, qual foi seu erro na relação. E erro existiu, sem dúvida. Embora, também há que se analisar os aspectos antropológicos dos sexos (homem com necessidade de espalhar cada vez mais seu esperma para perpeturar a sua espécie; e a mulher da necessidade de ter um protetor). Mas de maneira geral, parceiros satisfeitos com a relação, sequer olham para os lados para encontrar outro(a). E além da traição física, existe outra bem mais difícil de superar. É a traição dos sentimentos. Essa, nem há terapia capaz de dar jeito. E depois de acontecido, me perdoem os com opinião contrária, mas minha avó tinha razão: cristal quebrado não tem mais conserto, porque o remendo fica evidente demais e só serve para lembrar o local que quebrou. Então, o melhor é partir pra outra, antes que a auto estima caia de vez no chão e voce não consiga mais se levantar, caminhar, tirar os olhos do chão, e muito menos, olhar para os lados.

Os comentários estão desativados.