Hoje é o Dia Internacional do Beijo! Aproveite!!!


Foto: getty images

Beijar é uma arte! Muitos consideram o beijo um termômetro para saber se o parceiro, ou a parceira, é bom de cama, pois ele é uma das etapas das preliminares que mais nos envolve sentimentalmente antes do ato sexual. Por toda essa importância, criaram em 1982, a partir de uma brincadeira escolar, o Dia Internacioanl do Beijo: 13 de abril!

E você sabia que existem 484 formas de beijar? Isso mesmo, Pedro Paulo Carneiro, escreveu até um livro a esse respeito, “Dossiê do Beijo”, editado pela Catedral das Letras.

Selecionamos, do livro,  cinco beijos mais estranhos para você tentar praticar:

Beijo musical – Os lábios não se tocam. Uma boca sopra o ar na outra boca com cuidado, que controla as notas abrindo e fechando os lábios. Este tipo de beijo era muito utilizado na era hippie, principalmente nos Estados Unidos.

Beijo gelo – A introdução de alimentos ou outros objetos durante o beijo é uma forma bem interessante de variar. Neste caso específico, a diferença rápida de temperatura eleva o poder sensual do beijo.

Beijo Blade Runner – É o beijo que marca. A pessoa beijada ficará sentindo o Iatejar de seu beijo em sua boca durante pelo menos cinco dias, já que a pressão de seus lábios feriu sua gengiva e a dor foi anestesiada pelo roçar de sua língua.

Beijo Branca de Neve – Clássico beijo de vida, baseado na origem do beijo, quando as mães mastigavam os alimentos com a boca e depositavam na boca de seus filhos. É um beijo doce, que pode e deve ser dado a qualquer momento.

Beijo escorregadio – “Esta boca costuma escorregar pelo rosto, da testa até atingir os lábios. Gosto de chamá-los de ‘Beijo dos Extremos’. Ou são extremamente ingênuos ou são profundamente sensuais”, diz Pedro Paulo.

Caso não consiga beijar dessa maneira nada convencional que citamos, não se preocupe e pratique com muito charme a sua maneira de beijar, pois existem beijos de todos os tipos. Confira:

Selinho: beijo inocente onde os lábios apenas se encostam.

Beijo de borboleta: beijo com os cílios, onde os seus se encostam nos do seu parceiro e ai vocês sentem aquela cosquinha deliciosa.

Beijo de esquimó: esfregar delicadamente nariz com nariz.

Beijo dirigido: quando o parceiro segura a cabeça e o queixo da outra pessoa para beijar.

Beijo mordido: a mulher beija o lábio inferior do homem enquanto ele beija o lábio superior da boca da dela.

Beijo chupeta ou sangria: quando você dá  uma delicada chupada nos lábios do parceiro.

Beijo babado: é um beijo molhado, cheio de saliva.

Beijo “boca de siri”: gente que não abre a boca direito e não se deixa beijar.

Beijo vai e vem: quando você segura a língua do outro com a boca, fazendo movimentos de vai e vem.

Beijo estalado na orelha: cria um “vácuo” no ouvido

Beijo liqüidificador: quando um enfia a língua na orelha do outro e lambe ela inteira.

Beijo cosquinha: quando se passa a língua no céu da boca do outro.

Beijo ventilador: enfia a língua na boca do outro e faz ela circular, parecendo uma hélice. Considerado beijo de quem beija mal.

Beijo roto-rooter: é aquele onde o parceiro quase te sufoca e parece que vai arrancar suas amígdalas.

Beijo guloso: quando o outro abre tanto a boca que parece estar querendo comer a boca do parceiro.

Beijo lambido: primeiro uma lambida, depois um beijão.

Beijo chupão: o beijo que deixa marcas (normalmente no pescoço).

Beijo “bola na trave”: o beijinho no canto da boca, cheio de intenções.

Beijo estátua: quando o outro não faz nada, só abre a boca.

Beijo tortura: é aquele que tem uma paradinha para a escolha do melhor ângulo antes do beijo derradeiro.

Beijo reticência: pequenos e delicados, esses beijos costumam vir como sobremesa depois de um super beijo.

Beijo explorador: a língua do outro passeia por sua boca explorando-a.

Beijo tímido: vai bem devargazinho, beijando o rosto, até chegar na boca.

Beijo francês: o famoso beijo de língua.

Beijo chinês: cola-se os lábios e o nariz na bochecha do parceiro, aspira-se o seu perfume e em seguida estala-se a boca num beijo sonoro.

Beijo japonês: dado pelo homem na nuca da mulher.

Beijo italiano: os amantes colam os lábios nas bochechas um do outro e fazem um movimento circular com a língua.

Beijo campeonato: aquele que parece que não vai acabar nunca!

Existem também, algumas curiosidades sobre o beijo, veja:

1. 29 músculos da face são ativados em um beijo apaixonado.
2. No momento do ebijo, o coração dispara atal ponto que pode ultrapassar de 70 para 150 batimentos por minuto.
3. O corpo se aquece queimando até 15 calorias.
4. A pressão arterial sobe.
5. 250 bactérias são trocadas junto com a saliva.
6. Os resíduos da sua saliva permanecem por três dias na boca de quem você beijou anteriormente.
7. Uma pessoa chega a troca, em média, 24 mil beijos (de todos os tipos, dos maternais aos apaixonados e até roubados) ao longo de sua vida.
8. De acordo com pesquisadores norte-americanos, a saliva que se troca em um beijo “profundo” facilita a digestão e tem efeitos benéficos sobre as defesas do organismo.
10. Beijar acalma, já que o nível de serotonina no cérebro (substância neurotransmissora que dá a sensação de euforia e relaxamento) aumenta nessa hora.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s