Má alimentação traz doenças da década de 40 de volta


(Fonte: Chicago Mag)

(Fonte: Chicago Mag)

O aumento da acessibilidade de alimentos deveria acabar com a desnutrição e suprir a falta de nutrientes no organismo. Entretanto, o que se vê é a continuação da desnutrição em países pobres e a obesidade em países emergentes e desenvolvidos.

As crianças atualmente comem mais alimentos pobres em nutrientes que as crianças da década de 40. Isso acontece, segundo o especialista Mark Temple, por causa da indústria alimentícia que produz alimentos pré-preparados e que perderam, ou não contém, nutrientes o bastante para suprir a necessidade do organismo.

Escorbuto e raquitismo são duas das doenças que estão sendo diagnosticadas nos consultórios médicos. Só o raquitismo aumentou quatro vezes nos últimos 15 anos. Esta doença é causada pela falta de vitamina D e o seu objetivo é manter firme os nossos ossos.

O escorbuto é o resultado da falta de vitamina C e, como ela não é produzida pelo corpo humano, precisa ser reposta. Esta doença afetou, só em 2008, mais de 94 crianças na Inglaterra.

Outro problema grave que está sendo enfrentado pelos países desenvolvidos e, mais recentemente, pelos emergentes é a obesidade. Somente na China, é estimado que mais de 100 milhões de pessoas se encontram obesas. No Brasil, cerca de 30% das crianças entre 5 a 9 anos estão acima do peso.

Fonte: Isto É

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s