‘Clube do Bolinha’ – o versão masculina do Lulu


(Fonte: Divulgação)

(Fonte: Divulgação)

A polêmica por trás do aplicativo Lulu nas redes sociais logo rendeu o anúncio de sua versão masculina, o Tubby – que foi proibido pela justiça – mas acabou sendo apenas uma “lição de moral” de seus supostos criadores.

Quem pensou que a versão masculina do Lulu nunca sairia do papel, se enganou. Eis que surge o app Clube do Bolinha para fazer “justiça” à luta pela igualdade dos gêneros. Por enquanto, o app está disponível apenas para Android.

O aplicativo funciona da mesma maneira que o Lulu. Os homens avaliam as mulheres que possuem conta no Facebook. Quem não quiser ser avaliada também pode excluir seu perfil do aplicativo. A grande diferença entre o Clube do Bolinha e o Lulu é que o primeiro permite às mulheres verificarem as avaliações recebidas.

Para quem não entendeu a ironia quanto a “justiça” à luta pela igualdade dos gêneros, ao contrário do que afirmam os criadores do avaliador feminino, tanto o Clube do Bolinha quanto o Lulu são um retrocesso e uma violência contra a imagem e honra de qualquer pessoa. Sem contar que o anonimato propagado por eles é inconstitucional.

“Pessoas não são objetos e a intimidade de um relacionamento, por pior que tenha sido, não pode ser exposta dessa forma”, afirma o comunicado que anunciava que o Tubby era falso.

Fonte: Tecmundo

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s